Responder 
 
Avaliação do Tópico:
  • 1 Votos - 5 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Teste Honda City 1.5 i-VTEC EXL CVT 2018
10/08/2018, 21:33
Resposta: #1
Teste Honda City 1.5 i-VTEC EXL CVT 2018
Teste: Honda City 1.5 i-VTEC EXL CVT 2018
Compacto ganha em requinte, mas fica devendo em segurança

[Imagem: IMG_5711.jpeg]

Tá na cara que o Honda City ganhou uma aparência muito melhor com o redesenho feito pela marca japonesa no modelo 2018 do sedã compacto. As mudanças processadas transmitem mais sofisticação e a certeza de acerto nos detalhes implementados. DMAutos avaliou a versão topo da linha, a EXL, equipada com motor 1.5 16V i-VTEC e câmbio automático do tipo CVT, que simula 7 marchas.

O primeiro olhar sugere um carro de um segmento superior, principalmente pela parte frontal. A impressão é de um Civic, mas trata-se mesmo de um City.

[Imagem: IMG_5715.jpeg]

A Honda tratou de melhorar seu sedã compacto no mesmo instante que a Fiat e a Volkswagen anunciavam a chegada do Cronos e do Virtus, respectivamente, seus concorrentes. A Honda não podia perder tempo e fez no momento certo e na medida certa as mudanças no City. Não foram modificações profundas, principalmente na traseira, mas o suficiente para deixar o sedanzinho charmoso mais encorpado, requintado e com pinta de sedã de um segmento superior.

Passo à frente

A nova grade com a barra cromada, mais robusta e unindo os faróis, destaca a frente do modelo. E só não é novidade porque já havia sido empregada no Fit, quando foi reestilizado, no ano passado. Agrega também requinte os faróis e lanternas que agora são full LED com luzes diurnas.

Dá para afirmar que o City 2018, na sua segunda geração, deu um passo importante à frente por conta da pequena plástica e dá indicação que o Cronos e o Virtus, embora com novas propostas estruturais e de mercado, não tenham dias tão tranquilos no segmento.

[Imagem: Honda-City-2018-1.jpeg]

Contribuem para as melhorias no modelo os novos limpadores de silicone, além dos vidros elétricos com acionamento por um toque nas quatro portas. No modelo anterior o toque que hoje é para os quatro vidros, era apenas para o do condutor. O painel ganhou iluminação na cor azul (antes era branca) e todo o interior se mantém valorizado com o uso de molduras prateadas e detalhes em black piano. Coisa típica de japonês, que sabe bem o que faz e o que agrada o consumidor.

Somam-se aos quesitos o ar-condicionado digital sensível ao toque e eficiente no funcionamento, assim como a direção elétrica, de atuação precisa. A suspensão é um pouco durinha, mas bem ajustada e capaz de absorver imperfeições do piso.

Vale ressaltar a nova Central Multimídia. Também empregada no seu irmão menor, o Fit, essa nova central traz as plataformas Android Auto e CarPlay e duas entradas USB bem posicionadas à frente da alavanca do câmbio.

[Imagem: IMG_5658.jpeg]

Internamente, o compacto traz bom espaço, ajudado pelo piso semipleno, e leva bem acomodadas cinco pessoas. Bom espaço tem também o porta-malas com seus 485 litros de capacidade de carga, podendo chegar a 536 com os bancos rebatidos.

Nem tudo leva nota boa no novo City. Não dá para entender o fato de um modelo bem posicionado no mercado não oferecer ainda controles de estabilidade e de tração (ESP), item indispensável nos dias de hoje, e já empregado no seu irmão menor, o Fit. O ESP melhora em muito no quesito segurança.

Só para lembrar, os concorrentes diretos Cronos e Virtus não abriram mão de ter esse item em suas versões mais caras. Falta também no City o assistente de saída em rampa, mas se serve como consolo, o compacto oferece seis airbags, inclusive bolsas de cortina.

Motor

O motor 1.5 16 i-VTEC, de 116 cv com etanol e 115 cv com gasolina (com 15,2 kgfm e 15,3 kgfm de torques, respetivamente) bem que poderia trazer um pouco mais de cavalos, como acontece na América do Norte, onde o compacto e seu irmão Fit, têm o mesmo motor, mas com 130 cv de potência, e 15,7 kgfm de torque.

[Imagem: Honda-City-3.jpg]

Contudo, não dá para dizer que o 1.5 de 116 cv do City, no Brasil, e cuja versão testada custa R$ 83.400, decepciona. Esse propulsor responde bem às acelerações e casa perfeito com o câmbio CVT, de trocas bem suaves. O conjunto mecânico é o mesmo do modelo anterior.

Basicamente rodando na cidade, com etanol, e enfrentando um clima quente e seco como o de Goiânia, o City registrou 8,3 km/l em média. Os números oficiais apontam como consumo do City na cidade, 12,3 km/l, com gasolina, e 8,5 km/l, com etanol.

Sem medo de errar, digo que o novo Honda City ganhou na aparência e só mesmo dirigindo o carro para saber o quanto ele oferece de prazeroso. Os bancos confortáveis, em couro, somado à boa posição de dirigir e tendo os comandos ao alcance, sem dificuldade, completam os elementos que fazem do City um sedã compacto bom de compra, mesmo que o preço possa ser considerado um pouco acima do que realmente vale.

[Imagem: IMG_5713.jpeg]

Ficha técnica

Motor: 1.5, 16V, Flex, 4 cilindros em linha, com comando simples, injeção eletrônica,
Cilindrada: 1.497 cm³
Potências: 116 cv (etanol) e 115 cv (gasolina) a 6.000 rpm
Torques: 15,3 kgfm (etanol) e 15,2 kgfm (gasolina) a 4.800 rpm
Câmbio: Automático CVT com sete marchas simuladas
Direção: Elétrica
Suspensão: Independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira
Rodas e pneus: 185/55 R16
Comprimento: 4,45 m
Largura: 1,69 m
Altura: 1,48 m
Entre-eixos: 2,60 m
Tanque de combustível: 46 litros
Capacidade do porta-malas: 485 litros + 51 litros (com os bancos rebatidos)
Peso (ordem de marcha): 1.135 kg
0-100 km/h: 11s3
Velocidade máxima: 175 km/h (e)
Consumo cidade: 12,3 km/l (g) e 8,5 km/l (e)
Consumo estrada: 14,5 km/l (g) e 10,3 km/l (e)
Emissão de CO²: 101 g/km
Nota do Inmetro: A

[Imagem: IMG_5659.jpeg]

Fonte: https://www.dm.com.br/autos/2018/08/test...-2018.html

Fundador e Administrador
Honda City Clube do Brasil
www.hondacityclube.com.br
Curta nossa página no Facebook, siga nosso perfil no Twitter e no Google+ para ajudar nossa comunidade a crescer!
Encontrar todas as respostas deste usuário
Citar esta mensagem em uma resposta
Responder 


Tópicos Similares
Tópico: Autor Respostas: Visualizações: Última Resposta
  [vídeo] Honda City EXL, primeiro contato tekobr 0 490 23/03/2018 06:52
Última Resposta: tekobr
  Teste do Honda City EX 2018 tekobr 0 565 20/03/2018 07:10
Última Resposta: tekobr
  Teste: Honda City ganha mudanças, mas continua sem o ESP tekobr 0 517 06/03/2018 07:19
Última Resposta: tekobr
  Novo Honda City 2018 chega redesenhado e preços a partir de R$ 60.900 tekobr 2 1.177 03/03/2018 11:28
Última Resposta: gamsilva
  Honda City 2018 é flagrado em ensaio fotográfico tekobr 0 705 29/01/2018 14:57
Última Resposta: tekobr
  Revista já Andou na Nova Versão do Honda City tekobr 2 2.311 29/10/2017 22:29
Última Resposta: claudio sergio de miranda
  Revista flagrou o Honda City renovado que chega em março de 2018! tekobr 1 1.551 12/10/2017 22:15
Última Resposta: Bernardo Gaetani
  Honda convoca recall de Fit e City por conta de problemas no air bag tekobr 0 1.439 16/02/2016 16:22
Última Resposta: tekobr
  Honda convoca mais de 477 mil unidades de City, Fit, Civic e CR-V tekobr 2 2.571 24/08/2015 19:00
Última Resposta: MARCONDES CBA
  HONDA CITY 1.5 LX X FORD FIESTA SEDAN 1.6 SE POWERSHIFT tekobr 3 3.381 09/08/2015 15:16
Última Resposta: aroldorique

Ir ao Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes